N o v i d a d e s
MSP » ÁRVORES BRASILEIRAS » ANGELIM-VERMELHO
Madeira Angelim-Vermelho
Características da Madeira Angelim-Vermelho

ANGELIM-VERMELHO


Venha Conhecer Nossas Árvores Brasileiras – ANGELIM-VERMELHO

MADEIRA ANGELIM-VERMELHO

Madeira Angelim-Vermelho
Árvore Angelim-Vermelho

Nome Científico
Dinizia excelsa Ducke

família
Leguminosaea Mimosoidae

nome comercial
Brasil: Angelim ( AM, PA ), angelim-falso ( PA ), angelim-ferro, dinizia-parda, faveira-dura ( PA ), faveira-ferro.

origem
Florestas de terra firme em toda a Amazônia brasileira.

habitat
É encontrada em terrenos sílico-argiloso, constituindo um dos elementos mais altos das matas virgens, as vezes formando nelas pequenos grupos ou manchas.
Muito pesada( densidade 1.09 g/cm3 ), dura ao corte e alta resistência ao ataque de organismos xilógrafos.

características morfológicas
Tudo indica que é a árvore de maior porte e altura da região do estado do Pará e Amazonas, podendo atingir a margem de 55-60 m de altura, com diâmetro de fuste de aproximadamente de 2 m ou mais; o tronco geralmente cilíndrico, ereto, forma na base pequenas “sapopemas” e ramifica-se no alto numa copa muito larga; casca vermelha parda de 5 cm de espessura, nos indivíduos novos, caindo em pequenas placas.Ramos novos com pecíolo e ráquis acinzentados ou com pêlos ferrugíneos; folhas com 8-10 jugos (raro 11) de 1-2 cm de comprimento por 0,5-1 cm de largura, de base rómbica e ápice obtuso, com nervura primária diagonal, glabra na página superior, mais ou menos lustrosa, dorso com pequenos pêlos. Fruto legume, quando imaturo avermelhado, maduro pardacento, vernicoso, distintamente venoso, mais ou menos rugoso.Semente transversal, compressa, de 10-12 mm de comprimento por 7 mm de largura.

Na área comercial geralmente a altura chega a 10,50 m, com o DAP (diâmetro a altura do peito) igual a 55,70 cm e com o DAS (diâmetro a altura da sapopema) igual a 64,60 cm e com tronco retilíneo.

Corte Tangencial - Árvore Angelim-Vermelho
     Tonalidade

CARACTERÍSTICAS gerais
Cerne: pouco distintos
Cor do Cerne: marrom-avermelhado-claro
Alburno: pouco distintos
Cor do Alburno: cinza-avermelhado
Espessura do Alburno: 5,0 a 12,0 cm
Anéis de Crescimento: distintos
Figura tangencial (foto da página principal): causada por linhas vasculares destacadas
Grã: cruzada revessa
Textura: média
Brilho: moderado
Cheiro: desagradável e fraco
Resistência ao corte transversal manual: dura

Seção Transversal - Árvore Angelim-Vermelho
Seção Transversal

densidade
Madeira pesada, com densidade a 12% de umidade de 990 kg/m3 e densidade verde de 1.260 kg/m3.

 

Casca - Árvore Angelim-Vermelho
        Casca

secagem
Rápida, apresentando tendência moderada a torcimento médio e a leve colapso.

trabalhabilidade
Plaina: regular de trabalhar, acabamento muito ruim;torno: fácil de trabalhar, acabamento excelente; broca: regular de trabalhar e acabamento regular.

durabilidade
Muito boa resistência ao ataque de fungos e térmitas e boa resistência a insetos de madeira seca.Também resistente em contato com o solo.É rígida e forte. O cerne da madeira não tratável com creosoto (oleossolúvel) e CCAA (hidrossolúvel).

preservação
O cerne não é tratável com creosoto (oleossolúvel) e nem com CCA-A (hidrossolúvel), mesmo em tratamento sob pressão.

usos
Madeira Angelim-Vermelho é muito utilizada na construção civil como caibros, vigas, ripas, tacos, tábuas para assoalho, batentes de portas e janelas, dormentes, postes, moirões, esteios, torneados, para carrocerias, vagões e construção naval.

usos interessantes
A árvore é majestosa e extremamente decorativa, podendo der empregada para arborização de praças e grandes jardins.

Tronco - Árvore Angelim-Vermelho
                         Tronco
Fontes                                                                                                                                               Glossário

Verifique Também

Madeira Tanimbuca

TANIMBUCA

MADEIRA TANIMBUCA Nome Científico Buchenavia capitata Eichl família Combretaceae nome comercial Brasil: carará, cuiarana, mirimdiba, ...

Deixe uma resposta