N o v i d a d e s
MSP » DICAS » Assoalhos » A IMPORTÂNCIA DO LIXAMENTO

A IMPORTÂNCIA DO LIXAMENTO




Todo fabricante de móveis quer que o seu produto tenha boa qualidade de pintura. Todo pintor deseja que seu trabalho seja reconhecido: “o móvel ficou bem pintado ou bem envernizado”. Por isso procura sempre aplicar produtos de envernizamento e pintura de boa qualidade.
O primeiro passo para se obter uma boa pintura ou envernizado da madeira é o lixamento. Às vezes deixado de lado, outras vezes feito de forma errada, ele é um dos pontos importantes para se obter uma boa pintura ou envernizamento de qualidade.

FINALIDADE DO LIXAMENTO
Como mencionamos anteriormente, o lixamento influi diretamente no resultado final do móvel ou objeto de madeira. Se não for feito um lixamento adequado, certamente, o acabamento não atenderá às expectativas.
O objetivo do lixamento é eliminar as marcas de serra e plaina, nivelar e alisar a superfície, permitindo uma perfeita ancoragem do fundo ou do verniz a ser aplicado.
Devemos observar qual o tipo de madeira, o tipo de peça-obra (se folhado ou maciço) e do equipamento a ser utilizado.

QUE LIXA DEVEMOS UTILIZAR?
Devemos começar com as lixas mais grossas, depois as médias e por fim as finas para obtermos um bom acabamento.
A primeira lixa deve ser a mais adequada para o tipo de madeira, tipo de peça-obra e equipamento utilizado para o lixamento.
As lixas seguintes devem ser progressivamente mais finas não devendo nunca ultrapassar a 50% de abrasividade em relação a lixa anterior.

EXEMPLO DE UMA SEQUÊNCIA CORRETA DE LIXAMENTO:
Lixa Grão: 100 – 150 – 220 – 280 – 320

Este procedimento é importante pois elimina os riscos causados pelas lixas de maior abrasividade que só aparecem quando os seladores ou vernizes são aplicados, tornando estes defeitos mais evidentes e prejudicando assim o aspecto final do trabalho.

COMO DEVEMOS EFETUAR O LIXAMENTO DE MADEIRAS?
Devemos trabalhar sempre no sentido do veio da madeira para não provocarmos ranhuras na superfície.
Existem várias maneiras de se efetuar o lixamento da madeira. Qualquer que seja o sistema adotado devemos ter cuidado ao lixarmos peças curvas para não deformarmos a peça-obra.
É importante retirar a poeira da lixa de tempos em tempos. Porém isto não evita por completo o,seu desgaste. A lixa deve ser substituída sempre que estiver desgastada.

LIXAMENTO DE FUNDOS / SELADORES

O fundo bem como os seladores devem estar bem secos para serem lixados.
Isto pode ser verificado fazendo um pequeno teste de lixamento. A formação de grumos na lixa é indicativo de que o fundo ou o selador pode não estar seco. Se, ao contrário, houver a formação de pó branco podemos deduzir que a madeira está pronta para o lixamento.
Em madeiras, o lixamento deverá ser realizado sempre a seco, nunca com água.

TÉCNICA PARA BOM ACABAMENTO DE MÓVEIS

Para obtermos um bom acabamento é necessário um bom lixamento, devendo-se usar no mínimo quatro lixas para a obtenção de uma superfície bem polida e sem rachaduras.
Apresentamos abaixo algumas sugestões de esquemas de lixamento:

A) CEREJEIRA / MOGNO
Madeira seca: grão 100 150 220 320
Madeira úmida: grão 60 100 150 220
Folha / Lâmina: grão 100 150 220 320

B) SUCUPIRA
Madeira seca: grão 60 120 180 280
Madeira úmida: grão 60 100 150 220
Folha / Lâmina: grão 80 120 180 280

C) PINUS
Madeira seca: grão 100 150 220 320
Madeira úmida: grão 60 100 150 220
Folha / Lâmina: grão 120 180 280 360

O laminado de segunda obriga o consumo de mais cola e conseqüentemente mais lixa, já que a cola transborda para a superfície e depois de seca oferece maior resistência que a própria madeira.

No lixamento de madeiras com alto teor de umidade, isto é, “madeiras verdes”, além de um maior consumo de lixas, há o problema de empenos. Por isso, deve-se trabalhar com produtos de boa qualidade, como compensado, laminados de alta qualidade e madeira seca, com umidade de 10 a 12%, reduzindo assim o custo final.

Como madeira alternativa, o Pinus, é uma realidade e está presente no Brasil em 95% dos móveis para exportação.

Por ser uma madeira de baixa densidade e baixo peso deve ser tratada com cuidado para evitar amassamentos ou ranhuras de lixas sobre a superfície.

Fonte: saint-gobain abrasivos ltda

Verifique Também

DEFEITOS NA SECAGEM DE MADEIRAS

As tensões que se desenvolvem na madeira são a causa básica dos defeitos de secagem, ...

Deixe uma resposta